Mais uma vez adiaram o inevitável…

Para V/ conhecimento, informamos que Sua Excelência – o Senhor Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais anunciou, no VI Congresso dos Contabilistas Certificados que o SAF-T da contabilidade será entregue apenas em 2021, relativamente a 2020.

Mais uma vez, adiaram o inevitável, pelo que a resolução dos problemas da contabilidade passam por uma reestruturação da nossa fiscalidade.

Mais uma vez não resolveram os problemas que os profissionais da contabilidade atravessam, nomeadamente com as novas regras do SNC, destacando as TAXONOMIAS, a auditoria à contabilidade e à nova versão do SAFT.

Trabalhamos diariamente na construção de ferramentas cada vez mais automáticas, mais eficazes no tratamento contabilístico, inovando sempre quer na apresentação, quer na integração cada vez mais automática dos movimentos contabilísticos.

O melhor programa de GESTÃO COMERCIAL DO MERCADO

Inclui os módulos de gestão de stocks, compras, vendas, contas correntes, tesouraria, gestão de ASSISTÊNCIAS TÉCNICAS, módulo de oficinas, facturação automática, gestão de avenças, análises de vendas e compras, estatísticas de vendas/compras/despesas, mapas financeiros, gráficos de gestão, modulo de encomendas, guias de transporte, envio de documentos por e-mail…

INOVAÇÃO, EVOLUÇÃO, CONTINUIDADE.

Esta é a nossa verdadeira motivação

Rui ,

Envio opinião de um cliente CTC

Com os melhores cumprimentos, 
Luís Sousa 
Peninsular-Equip.Consumíveis Escrit., Lda. 
Rua 5 de Outubro 4 – B, 2830-036 Barreiro 
Telf. 212148092  Fax 212165655 
Mail: luis.sousa@peninsular.pt 
http://www.peninsular.pt 

Estou encantada com o novo programa e só tenho pena de não o ter conhecido mais cedo J

Mais uma vez um muito obrigada por tudo.

Cordiais cumprimentos

Nova Versão CTC Contabilidade. Em evolução constante.

CTC.Contabilidade 2019-07-11

Na Importação do SAFT Faturação, conseguirá agora verificar qual a classificação que o Artigo tem nas linhas das faturas que estão no SAFT da faturação e assim também verificar se o seu cliente tem os artigos devidamente configurados.

Alertamos para isto, pois deve informar o seu cliente que os produtos devem estar devidamente classificados no programa de faturação que ele usa, isto porque, se o cliente envia para o eFatura o SAFT com uma classificação dos artigos e depois na contabilidade são classificados/lançados de forma diferente, o que vai acontecer, é que mais tarde a AT vai detetar incongruências entre o SAFT da faturação e o SAFT da Contabilidade…

Detalhes do que foi efetuado:

            – Apresentação do documento da faturação (total e linhas) na criação do movimento contabilístico

                        – Possibilidade de verificar por linha do documento:

                                    – Base tributável

                                    – Conta da base tributável e do IVA utilizada no movimento contabilístico

                                    – Tipo de iva do artigo (ISE – Isento, RED – Reduzido, INT – Intermédia, NOR- Normal)

                                    – Percentagem de IVA

                                    – Tipo de artigo

                                    – Se o artigo da linha tem ou não uma configuração especifica de integração

                                    – Acesso á configuração específica do artigo

                        – Total do documento

                                    – Total das linhas a débito e a crédito

                                    – Total da base tributável, IVA e total do documento

                                    – Retenção de IRS e desconto de pagamento

Não existe nenhum outro software atualmente no mercado que faça este tipo de validação dos ficheiro SAFT da Faturação.

Isto é uma ferramenta que lhe traz a si mais tranquilidade e segurança no que está a fazer na contabilidade dos seus clientes.

De uma forma simples e rápida.  

Outras alterações efetuadas nesta atualização 11072019:

-Importação de lançamentos contabilísticos a partir do SAFT Contabilidade de outro software.

Caso já tenha por exemplo um trimestre lançado noutro software e já tinha lançamentos no CTC.Contabilidade, já é possível importar esses dados do outro software através do SAFT e trabalhar normalmente.

            – Possibilidade de importar apenas os dados a partir de um mês a definir diretamente para a contabilidade e totalmente automática, sem erros e omissões.

Mantenha o seu software e usufrua das melhorias efetuadas.

Governo ‘dá’ 6 meses (extra) para registo no Livro de Reclamações digital

O Ministério da Economia fez saber, que prolongou o prazo por mais seis meses, para que os operadores económicos se registem no Livro de Reclamações Eletrónico (LRE), atendendo às reivindicações do sector. 

“Durante os próximos seis meses não terá lugar a instauração de processos de contraordenação aos operadores económicos que ainda não estejam registados na plataforma digital do Livro de Reclamações por parte da ASAE, entidade com atribuições de fiscalização administrativa desta matéria”.

Quer isto dizer que os operadores económicos poderão continuar a realizar a sua adesão à plataforma digital do Livro de Reclamações até ao dia 31 de Dezembro de 2019. Porém, o Governo diz que o registo deve ser feito com a “maior brevidade” possível. 

Recibos verdes têm de entregar declaração trimestral até ao final do mês

Os trabalhadores independentes têm até ao final do mês de Julho para entregar à Segurança Social a declaração de rendimentos correspondente aos últimos três meses, ou seja, Abril, maio e Junho. Este processo deve ser feito através da Segurança Social Direta. 

ctc.rhumanos – Um programa de gestão para os recursos humanos totalmente automático.

Desde que começou a ser aplicado o novo regime contributivo, esta é a terceira vez que os trabalhadores independentes cumprem esta obrigação declarativa, sendo através da informação que consta desta declaração que é determinado o rendimento relevante para efeitos de aplicação da taxa contributiva.

De acordo com as novas regras, os trabalhadores independentes que não estejam isentos de contribuições para a Segurança Social são obrigados a declarar trimestralmente entre o primeiro e o último dia dos meses de janeiro, abril, julho e outubro o valor total dos rendimentos associados à produção e venda de bens ou valor total dos rendimentos associados à prestação de serviços observado no trimestre anterior.

Já o pagamento da contribuição é mensal e tem de ser feito entre os dias 10 e 20 do mês seguinte, o que significa que a contribuição terá de ser paga entre os dias 10 e 20 de Agosto, de acordo com a informação disponibilizada na página da Segurança Social.

A declaração trimestral tem de ser submetida através do site da Segurança Social Direta sendo que, no momento em que esta entrega é feita, o trabalhador é informado do montante mensal estimado que terá a pagar nos três meses seguintes.

ctc.contabilidade cada vez mais apreciado pelos contabilistas

Recebemos cada vez mais a satisfação dos nossos clientes, pela solução que a ctc.softwarehouse da CETECONTA, desenvolveu para os profissionais da contabilidade.

Destacamos o automatismo, as integrações totalmente automáticas, quer do SAFT das VENDAS, quer do EFATURA, onde controlamos todos os movimentos.

O controlo de tempos por cliente e utilizador, a gestão de compromissos fiscais por cliente, a ligação ao Excel directamente à nossa base de dados, as análises, as estatísticas, os mapas de exploração, os rácios, os fluxos de caixa, o relatório de gestão, a conciliação bancária…

Por isto e muitas mais funcionalidades, os contabilistas procuram mais a nossa solução.

É o PRIMEIRO software de contabilidade a ser CERTIFICADO PELA AT, COM O SVAT, e é o único a verificar a integridade dos lançamentos contabilísticos, garantindo a 100% a portaria 302/2016 na construção do saft 1.04 da AT.

Integramos automaticamente qualquer SAFT de qualquer programa, a contabilidade total, corrigindo ERROS e construindo automaticamente as TAXONOMIAS.